Corre Mundo

Corrida K21 em Arraial do Cabo + Buzios + Cabo Frio


Dando sequência à escolha de lugares maravilhosos para sediar as corrida de montanha, a nova franquia da K42 Series é a de Arraial do Cabo. São 21km (ou revezamento 10,5 x 2) com largada às 8h na Praia Grande dia 5 de maio.  As inscrições ainda estão abertas e custam R$ 150 (AQUI). O percurso é lindo e difícil, como todas as outras provas da série, como Villa la Angustura, Bombinhas e Atacama – lista completa dessas provas dos sonhos AQUI

Arraial do Cabo é fantástica e se puder faça a dobradinha com Búzios e Cabo Frio.

(De Arraial para Búzios sem carro: ônibus para Cabo Frio e de lá para Búzios)

 

ARRAIAL DO CABO

A cidade não tem o mesmo charme da vizinha Búzios (30km dali). Em compensação, tira a diferença (e como!) na natureza exuberante.
Duas praias que gostei foram a do Forno e a do Farol.

 

Forno: A água é de transparência alucinante para mergulhos. Para chegar é preciso encarar uma pequena caminhada a partir do Porto do Forno ou ir de barco-taxi da Praia dos Anjos (de onde também saem as escunas para passeios).
Tem um restaurante flutuante bom. Leve snorkel e máscara e nade com os peixes enquanto aguarda seu pedido (e sempre tem tartarugas). Uma boa opção são as ostras cultivadas no próprio local.

 

Farol: Não tem quiosques, ambulantes, agito, badalação. Um mar azul turquesa e areia branquinha e fofa até o olho reclamar de tanta claridade. A praia de cerca de 1 km de extensão fica na Ilha do Farol (ou Ilha de Cabo Frio), só acessível por barco. Para complementar o visual, dunas e restinga emolduram o local que poderia perfeitamente ilustrar a ideia de “praia perfeita”, mas verdade seja dita: a água é fria.

Leve o que for consumir, principalmente água. Fora de temporada há grande chance de você estar sozinho, porque a área é uma reserva ambiental, e para desembarcar é necessário a prévia autorização da Marinha (as escunas de passeios já são autorizadas).
Do outro lado da Praia do Farol fica a Gruta Azul (a foto que abre o post – os passeios de escuna passam por la).

Aproveite o pôr do sol do Pontal do Atalaia.

A noite em Arraial não é tão animada. Se estiver de carro (e sobrar pique depois da corrida) compensa ir para Búzios.

 

Praia dos Anjos, de onde saem os barcos de passeio

 

 

Praia do Farol

 

 

BÚZIOS

Um charme, ainda mais fora de temporada. Fiquei no albergue Yellow Trip. Quando fui estava novinho, bem moderno, bonito e com preços ótimos. Como é baixa temporada na época da prova vale a promoção de pagar 2 noites e ficar 3. Com isso, o quarto privativo sai menos de 90 reais para casal, com café bom. Não fica na Rua das Pedras, é verdade, mas da para ir a pé, é perto.

Como minha intenção quando fui era ter uma ideia geral de Búzios e tinha pouco tempo, fiz o passeio de barco com 12 paradas em praias e depois aluguei um bugue para conhecer o resto. (Importante: não recomendo estes passeios de barco com mais gente em alta temporada DE JEITO NENHUM. Música alta, tiazonas bezuntadas de creme para clarear os pelos das pernas e outros episódios classificados como show de horror estão no pacote).
Praias que eu destacaria:

 

Ferradurinha
Búzios tem mais de 20 praias e muitas são bem badaladas e com movimento intenso, como Geribá. Fugindo do agito, esse pequeno e intimista trecho de areia branca e mar transparente é emoldurado por uma formação rochosa que “esconde” um pouco a praia.
É quase uma praia particular, com apenas 100 metros de extensão. Ela fica entre Geribá e Ferradura. A chegada é feita a pé por uma pequena trilha, descendo um morro ou pela praia de Geribá.
Uma minúscula extensão de areia ao lado esquerdo é a simpática Praia dos Amores.

 

João Fernandes
Apesar da presença maciça de guarda-sóis na alta temporada, é uma boa pedida. No fim de maio é palco de uma travessia de natação de 2,5km (aqui).
De fácil acesso, fica muito próxima à orla Bardot, e ao lado direito fica a praia de João Fernandinho, pequena e bem charmosa.

 

 

Nosso bugue. Aluguei o mais barato (sem desconfiar) e ficamos parados na chuva sem gasolina. Ele estava todo desregulado e “sumiu” com o combustível.

(E mais um item na minha lista de “economia porca”, ou perrengues de viagem)

 

Praia do Forno, em Búzios, e suas areias vermelhas devido à presença de um tipo de alga

 

 

CABO FRIO

No meio do caminho entre Búzios e Arraial (15km de cada uma) e tem os preços mais baixos de hospedagem/alimentação. E vale uma passada para compras de biquínis na Gamboa, onde é difícil resistir às mais de 70 lojas de roupa de praia.

 

 

Praia das Conchas

Em formato de semi círculo é um dos cartões postais da cidade. Com 600 metros de extensão, fica no bairro Peró, entre o Morro do Vigia e a Ponta do Arpoador.
Tem águas claras e calmas, e areia finíssima como talco. É muito procurada na alta temporada (fuja!!). No lado direito fica a Ponta do Arpoador e deliciosas piscinas naturais formadas entre rochas.

 

 

Praia do Forte
Areia branquinha, ondas fortes, bons ventos e excelente infraestrutura. Apesar de ser uma praia bastante urbanizada e próxima ao centro, guarda seus atrativos. Á direita estão a Praia das Dunas (onde fica a “montanha” mais alta e famosa, a Dama Branca) e a Praia do Foguete, reduto dos surfistas. E por falar nisso, no centro da cidade fica também o Museu do Surf, com mais de 400 pranchas de todas as épocas.
Ao lado esquerdo fica o Forte de São Mateus, obra de 1616 feita de pedra, cal e óleo de baleia. Atualmente no Forte está o Museu Histórico Naval, com peças antigas de naufrágios e alguns documentos.

 

 

 

 

 


Twitter Siga o Corremundo pelo Twitter Facebook Curta nossa página no Facebook